Follow by Email

terça-feira, 26 de julho de 2011

Amamentação após Cirurgia Bariátrica - Parte I

Acho um tema interessante, pois ainda não encontrei este tema na internet, e acho até que sou a primeira a fazer isso! hehehe

Operei quinta-feira (21/07/2001), fiz a cirurgia bypass, que diminui o estômago em 10% do tamanho anterior e desvia o intestino.

Então... Por enquanto está sendo tranquilo, pois ainda estou na primeira semana, e sem contar os dois primeiros dias que eu ficava chorando pelos cantos da casa e com aquele maldito dreno que me atrapalhava em tudo, eu estou levando uma vida normal (só não estou comendo nem fazendo esforço). Estou amamentando normalmente, e não tive nenhuma restrição quanto á isso tanto por parte da pediatra dele, quanto do gastro que me operou.

Tudo bem que o Victor já tem 1 ano e 9 meses, quase chegando nos 1 ano e 10 meses, então ele mama bem pouco durante o dia, só mama pra dormir mesmo, e algumas vezes durante á tarde quando ele não tem nada melhor pra fazer.

Posso dizer que observei uma melhora enorme no apetite dele, que ele está ficando super bem com a minha mãe, está bem esperto e feliz, mas está sendo inevitável a distância que estamos tomando, pois tenho que caminhar, me trancar no quarto quando vou usar o respiron (que ele ama roubar e ficar assoprando), não participo da alimentação dele porque morro de medo de esquecer e acabar "experimentando" a comida dele, que já é normal. Aí já viu, bate o sólido no estômago, arrebentam os grampos e R.I.P. pra mim =(

Achei estranho que agora a pouco ele largou meu peito e pediu "gól" (refrigerante, em Victorês), acho que ele está sentindo falta da vida junkie que estávamos tendo antes de eu operar. Era coca-cola, salgadinho, nuggets, chocolate sem medida mesmo. Eu tava lá, me esbaldando, e ia deixar ele de fora? Claro que não.
Agora a minha mãe é quem está fazendo comida aqui em casa, e sempre com legumes (que sobram da sopinha que eu tomo), ele está se alimentando bem e de forma saudável. Estou atingindo meu objetivo =)

No mais ele fica sozinho no quarto assistindo Pingu (nhunhu) o dia inteiro, às vezes vou lá e assisto um pouco com ele, depois ele corre pelado pela casa, arranca fralda e tudo mais e sai "saracoteando" pela casa, todo risonho.

Ele está se mostrando um mocinho bem maduro. Antes mesmo de eu operar ele já estava dando sinais de independência. Acho que eu estou sentindo isso tudo muito mais do que ele. Sei que é bom pra ele, mas dói ver passar tudo tão rápido.

2 comentários:

  1. Eh um tema muito específico mesmo, mãe gastroplatizada ( eh isso, né?) que amamenta!
    Fico tão feliz de saber que nenhum dos médicos implicou com sua amamentação! Ainda há salvação pro mundo xD

    Eu fico imaginando quando for o Lucas ficando independente.. Vai ser tão estranho! Tenho que pensar nisso.. Me policiar pra não prendê-lo demais!
    Quanto às besteiras, agora q ele tá ficando maiorzinho, tô pensando em comer longe dele, isso se eu comer.. quero evitar ao maximo o contato dele assim novinho com chocolate e afins.. quem sabe, no futuro, ele não sofra como eu que não vive sem essas coisas =/
    Como evito dar pra ele, acabo deixando de comer também! Lucas deixou minha vida muito mais saudável xD

    Quero saber mais notícias! Não deixe de atualizar o blog!!
    =*****

    ResponderExcluir
  2. Eu vou operar meu bebê tem 6 meses não quero parar de amamenta-lo
    gostei muito da noticia

    ResponderExcluir